Fotos de férias salvas do fundo do mar

Uma Canon EOS 1000D perdida no mar em Agosto de 2010 manteve as fotos no cartão intactas até agora.  Descoberta por um mergulhador, as fotos foram entregues ao dono graças à rede social Google+.Vantagens deste mundo digital em que vivemos.

Nenhum rolo fotográfico aguentaria tal experiência. Mas o cartão SD no interior da câmara Canon EOS 1000D que um bombeiro canadiano deixou cair ao mar quando em férias com a família resistiu, com a protecção da câmara, a mais de um ano na água salgada. Até a câmara ser “pescada” por um mergulhador.

Markus Thompson estava a mergulhar na Dep Bay, perto de Vancouver, no Canadá, quando encontrou uma câmara Canon EOS 1000D. O mergulhador tirou o cartão SD do interior do aparelho e tentou ver se as tinha imagens. Não só as conseguiu ver como descobriu que tinham sido registadas em Agosto de 2010. A câmara tinha estado a banhos por mais de um ano.

Thompson colocou uma mensagem na sua página do Google+. Nela dizia:

Para venda: Canon EOS 1000D
Descrição: usada debaixo de água uma única vez, no Oceano Pacífico, durante cerca de um ano.
A verdadeira história: encontrada no final de um pontão em Deep Bay, BC durante um mergulho de trabalho para o porto. Removi o cartão SD, limpei-o e coloquei-o num leitor de cartões após ter estado numa câmara corroída desde Agosto de 2010 – e trabalha! Cerca de 50 fotos de umas férias de família. Se conhece um bombeiro da Britihs Columbia cuja equipa venceu a competição Pacific Regional Firefit, tem uma adorável esposa e (agora) duas filhas de dois anos, digam-me. Gostaria de lhes devolver as fotos de férias :).

Alguns dias depois Mark Thompson recebia uma resposta indicando que o dono da câmara havia sido encontrado. Mais de um ano após ter deixado cair a câmara na água salgada do Oceano Pacífico a família recebia de volta as fotos das férias, algo que não seria fácil de suceder sem a existência de redes sociais.

Fonte: Fotografia Digital


About the Author:


No comments yet

Leave a Reply

Media Partner